sábado, 31 de março de 2012

Alguns segredos... o Marcelo conta!

Hoje a Helo pediu para eu escrever, acho que os acessos vão cair bastante rsrsrsrs, mas vamos lá!

Com certeza não sou a pessoa mais objetiva do mundo e seria impossível escrever o que estamos vivendo nos últimos 6 meses em um pequeno texto.
Posso definir este período como:  aprendizado, auto-conhecimento, amor infinito, medo, preocupação, cansaço, fé e uma grande confusão que acontece na minha cabeça. Controlar a mente é parte do segredo para passar por tudo isso, o restante é o apoio dos amigos, muita fé e uma GRANDE razão para nunca "baixar a guarda”.
Existem dias bem difíceis,  acho que o que mais contribui para isso é o sentimento de impotência, de você simplesmete não poder ajudar quem você ama, isso machuca de verdade. Mas, como estou aprendendo com a Helô a sempre olhar o lado positivo de tudo e de não cair na armadilha de pensar nas coisas ruins, vou parar por aqui sobre as dificuldades!
Uma coisa que acontece é que você realmente começa a viver mais o agora. Não, eu ainda não consegui parar de fazer planos até os 80, mas curto muito mais uma abraço, os momentos das boas conversas,  o sorriso dela e aprendi a ter bem mais paciência quando o lado TPM da Helô se aflora. Isso é difícil rsrsrsrsr...
Já me perguntei mil vezes o porquê disso tudo acontecer com a Helô. Como eu trabalhei 12 anos na indústria farmacêutica e sempre estudei protocolos de risco etc, sabia que não fazia sentido tudo isso acontecer com ela. A Helô tem uma alimentação invejavel, faz Yoga há mais de 10 anos, super bem resolvida espiritualmente e em relação a seus valores, não tem história de câncer na familia, não levava uma vida mega estressante e nunca ficava doente. Apesar de me perguntar muito, não achamos a resposta, simplesmente acreditamos que um dia vamos entender tudo isso. Troquei a pergunta para:  "para que tudo isso?"
Bom, vou contar alguns segredinhos dela.
Ela ama massagem no pé, precisa de yoga para viver, se acalma com um longo abraço, tem um pintinha na ponta do nariz, ficou em segundo no Miss São Paulo e em outras tantas coisa e nunca ligou por não ter sido a primeira, adora andar de bicicleta e já fomos roubados uma fez, foi pedida em casamento duas vezes por mim (nos separamos no primeiro noivado), já foi namoradeira, desfilou para grandes marcas pelo mundo mas sempre teve dúvidas se deveria ter seguido a vida de modelo, não consegue passar um dia sem falar com a mãe, sonha em ter filhos, às vezes esconde a carequinha com os braços quando se olha no espelho (e ela fica linda carequinha), sempre foi reservada e o blog tem sido uma grande libertação,  o pé dela não é tão bonito, ela é maravilhosa, ama comfort food,   tem um Rottweiler bem grande e colocou o nome meigo de Nemo, precisa tomar vinho, brigou com 3 grandes amigas na adolescência (e isso marcou fortemente a vida dela) e  fez as pazes depois que descobriu o Câncer, precisa ir à missa, não gosta do PT, não gosta de pessoas superficiais, não gosta de homem com frescuras, adora sopa, café, pão francês na chapa e mais um monte de coisas simples.
Isso tudo é só um pouquinho dessa esposa encantadora que tem me ensinado muito e do momento que estamos passando, através da visão de alguém que está ao lado dela todos os dias...
Bjos
Marcelo – marido da Helô

Algumas fotos das diferentes fases da nossa história... As três primeiras são de começo de namoro, mais ou menos em 2005 (Helô com 22, Marcelo com 26). E as duas últimas são mais recentes... Mudamos muito????







Diversos

Hoje eu pedi para o Marcelo escrever o post! Acho legal a gente saber o ponto de vista dele sobre esse momento, não é? Daqui a pouquinho eu posto o que ele escreveu! 
Vou contar uma coisa engraçada... Lembram que eu contei que fui ao Poupa Tempo renovar uns documentos? Tiraram minhas impressões digitais e eu descobri que pessoas que fazem quimio ficam sem impressões digitais!!!! Não totalmente, mas quase... Não sei porque, acho que a pele fica muito ressecada, descama, sei lá! Ou é porque estamos nos renovando mesmo hehehehe... Trocando de pele igual às cobras!!! Agora vou ter que voltar lá, acreditam? Apesar de já ter avisado que vai ficar igual, eles querem tirar de novo... ai, ai... 
Daqui a pouco vai o texto do Marcelito! ;-)

sexta-feira, 30 de março de 2012

A grande calma de Ian Gawler

Já contei que estou lendo um livro muito bom, o Anticâncer (David Servan-Schreiber), né? O autor é um médico que descobriu por acaso um tumor no cérebro. A expectativa era que ele vivesse mais uns 6 meses, mas ele viveu 20 anos! Enquanto isso, ele pesquisou incansavelmente sobre o câncer e esse livro compila informações interessantíssimas. Fiquei impressionada com várias coisas, uma delas foi a história de Ian Gawler, que vou compartilhar com vocês...
"...Em Melbourne, na Austrália, Ian Gawler, um jovem veterinário que acabara de concluir seus estudos, soube que tinha osteossarcoma (um câncer nos ossos) muito grave que já atingira sua perna. Uma amputação seguida de um ano de tratamentos convencionais não tinha conseguido bloquear o tumor, que agora se espalhava pelo quadril e tórax, onde se manifestava por saliências disformes. O oncologista não lhe dava mais do que algumas semanas para viver, talvez menos de um mês. Nada mais tendo a perder, Ian mergulhou, com o apoio da mulher, em uma prática intensiva de meditação, a fim de experimentar a calma que ele havia descoberto ao praticar yoga. Seu médico, o dr. Meares, ele próprio iniciado na meditação na Índia, onde havia entrado em contato com grandes místicos, ficou particularmente impressionado com a calma que o jovem paciente conseguia alcançar. Atribuía isso à serenidade característica dos moribundos nos dias que precedem o último suspiro. Porém, no fim de algumas semanas, para a estupefação geral, ele parecia estar melhor. No fim de alguns meses de meditação intensiva (uma hora por dia, três vezes por dia!), acompanhada de uma dieta muito severa, o jovem Ian recuperou as forças. As pavorosas excrescências ósseas que deformavam seu peito começaram a se reabsorver. Alguns meses mais tarde, elas tinham desaparecido completamente. O dr. Meares perguntou a Ian a que ele atribuía aquela extraordinária regressão de seu câncer. "Eu acho que é a nossa maneira de viver, a forma como nós vemos a vida", respondeu Ian, falando dele e da mulher. Como se em cada instante de sua existência - explica o dr. Meares - aquele paciente tivesse se impregnado da paz encontrada em seus períodos intensos de meditação. Ian Gawler está vivo ainda hoje, passados trinta anos. Depois da cura, passou a dedicar a maior parte do seu tempo à direção de grupos de pacientes que sofrem de câncer, ajudando-os a integrar a meditação e outros hábitos saudáveis às suas vidas." (Quem quiser saber mais sobre Ian Gawler: http://www.gawler.org/)
O que eu achei importante dessa história é que, no contexto do livro, mais uma vez se comprova a importância do estado emocional e psicológico na cura. Ânimo e paciência, gente!!! Medita!!! Rsrsrsr.... Amanhã conto mais uma historinha muito boa do livro!


Pensamento do dia

"Os homens perdem a saúde para juntar dinheiro, 
depois perdem dinheiro para recuperar a saúde.
E por pensarem ansiosamente no futuro
se esquecem do presente, 
de forma que acabam por não viverem
nem o presente nem o futuro.
E vivem como se nunca fosse morrer...
 e morrem como se nunca tivessem vivido"

Dalai Lama

quinta-feira, 29 de março de 2012

Renovação

Hoje estou muito feliz!!! Apesar do contratempo de ter comprado um ar condicionado no site Compra Fácil no dia 08/03, com prazo de entrega de 7 dias úteis, e eles não terem entregue até hoje, me forçando a cancelar o pedido, estou muito feliz!!! Porque o blog alcançou os 100.000 acessos e concluímos mais um objetivo: arrecadamos R$ 2.200,00 para a Abrale e a Aliança de Misericórdia! E a Ana Flávia ganhou uma camiseta do seu time do coração (e meu também!!!), o SPFC, todinha autografada pelos craques!!!!!! Parabéns para nós e obrigada a todos os que colaboraram para essa conquista!!!! 
Ontem minha cunhadinha Talita me viu numa reportagem sobre o sono na Globo News e aqui vai o link para quem quiser ver: http://g1.globo.com/globo-news/saude/videos/t/todos-os-videos/v/estudos-indicam-que-insonia-deve-atingir-ate-um-terco-da-humanidade/1877256/. Eu apareço meditando mais ou menos no 3'50, foi num evento Yoga pela Paz de 2011. Viram? Mais um efeito da meditação: ajuda a dormir melhor! Com uma observação: dependendo do grau de relaxamento que uma pessoa alcança com a meditação, pode ser até que ela se satisfaça com menos horas de sono, sabia? Já aconteceu comigo algumas vezes! É que a meditação vitaliza, renova... 
E, por falar em renovar, a Páscoa está chegando e eu estava pensando no seu significado: a ressurreição de Cristo que simboliza o renascimento, a renovação (por isso os ovos!).  E pensei numa coisa importante, até óbvia: para que uma coisa renasça, antes ela precisa morrer. Em outras palavras, transformação implica destruição. Se eu quero, por exemplo, reformar minha casa, algumas paredes vão ter que vir abaixo para que novas sejam construídas no seu lugar. Essa é uma forma de encarar nossas dificuldades na vida: uma transformação,  uma destruição permitindo que algo novo nasça ali. É, portanto, uma oportunidade! Que pode permitir novas qualidades, novos relacionamentos (inclusive com as mesmas pessoas), novas crenças, novos valores... A Páscoa, para mim, é um momento de pensar no que eu quero que morra na minha vida e o que eu quero que nasça no seu lugar. Esse ano, tenho uma oportunidade ainda maior de fazer isso, já que, além da Páscoa em si, estou passando por uma transformação (dificuldade). Para isso serve a Quaresma: são 40 dias para fazer essa reflexão. Estou tentando fazer a minha listinha!!! Com certeza a Helô que sair de tudo isso vai ser diferente da que entrou, espero que melhor!!! 


quarta-feira, 28 de março de 2012

100.000 acessos!!!!

E a camisa autografada do São Paulo vai para... Ana Flávia Sampaio!!!! Parabéns!!!!!!!!!! Agora precisamos nos encontrar para comemorar e tirar fotos!!!!!!!!!! 


Quase 100.000 acessos!

O marcador está girando e faltam menos de 50 acessos para totalizar os 100.000!!! Assim, está chegando ao fim o leilão, com o lance mais alto em R$ 2.200,00. Quero agradecer desde já todos os lances e todos os acessos!!!! Obrigada!!!!

Leituras de Inspiração

Hoje separei minha manhã para fazer coisas de rua. Primeira surpresa: o Marcelo deixou a bike no carro, portanto não posso deixá-lo na rua, o que significa que não posso fazer mais de metade das coisas que planejei. Segunda surpresa: esqueci minha injeção e tive que voltar para casa no meio da compra!!!! kkkkkk, ai, ai... Sendo assim, aqui vai mais um post! 
Quero falar sobre a importância das leituras de "inspiração". Eu gosto de todos os dias, por pelo menos 10 minutinhos, ler um pedaço de um livro que me inspire, uma revista, um depoimento... Palavras que façam refletir, que tragam paz e alegria, que levem para o caminho do bem! Tenho uma quedinha especial por livros que tenham a ver com yoga e meditação, além de gostar de ler sobre pessoas que levam um estilo de vida natural e saudável (em sites, revistas...). Também pode ser a Bíblia ou livros que inspirem a fé, livros de auto-ajuda ou de superação (como auto-biografias)... Enfim, qualquer coisa serve, cada um deve encontrar aquilo que mais inspire a atingir seu potencial humano, a chegar mais perto de quem quer ser. Além de ajudar em momentos de desânimo, dúvida e tristeza, essas leituras pouco a pouco vão construindo o que você é. Elas mostram novos caminhos, novos modos de ver a vida, de encarar as dificuldades... Tudo que você lê é como um tijolinho na construção do seu caráter, da sua personalidade. Essas leituras para mim são como yoga: toda vez que eu fico um pouquinho sem, quando retomo é uma alegria!!! 


Ah! Essa foto minha foi feita pelo Lufe Gomes na Praça do Pôr do Sol, em São Paulo. A postura se chama Postura do Guerreiro. Providencial, não? Rsrsrs... Namastê! 

Meditação especial

Nossa, como eu amo Yoga... Às vezes eu não estou muito a fim de fazer e não faço. E, às vezes, não estou a fim de fazer a faço assim mesmo. Nessas horas eu penso: "Nossa, como eu não fiz antes? Como é bom!!! Não posso viver sem!!!"  Eu uso muito os CDs e meditações da Naam Yoga (ainda meio novo no Brasil - www.rootlight.com ou www.naamyoga.com). Hoje a Renata Spironello, quem me apresentou esse tipo de yoga, me mostrou uma meditação em vídeo que é linda, uma delícia e é tradicionalmente usada para cura, invocando a graça divina, o amor divino e a fé. Resolvi compartilhar com vocês!!! Para quem nunca meditou, é só seguir o vídeo, acompanhando o mantra (música - tem legenda e a descrição está em http://www.raizdeluz.org.mx/texto.html) e os mudras (gestos que captam energia - escrevo mais sobre eles depois). É uma meditação meio complexa até para os mais avançados, mas só ouvir já é uma delícia e o vídeo é lindo. O melhor é começar acompanhando ou o mantra ou os mudras e só depois de alguma experiência tentar juntar os dois... Depois me contem se gostaram!


A propósito, é a própria Renata que está no vídeo... ;-)



terça-feira, 27 de março de 2012

Casamentos

Domingo à noite meu cunhado veio jantar em casa. Começamos uma conversa a três sobre por que será que alguns casamentos estão durando tão pouco. E aqui vão meus humildes palpites...
Falta, em primeiro lugar, auto-conhecimento. Como podemos nos comprometer com alguém sem saber o que queremos da vida, do que gostamos, como sentimos a respeito das coisas da vida? Gente, desculpa, eu sou economista, não consigo evitar ter uma visão prática das coisas. Vou expor em termos "econômicos"(hahaha, sempre tive vontade de fazer isso!).
Duas pessoas começam a namorar. Um tenta "se vender" para o outro, mostrando todas as suas qualidades, minimizando os seus defeitos, tentando "valorizar" o "produto" para ver se o outro "compra". Essa vai ser a venda do século, literalmente: se o casamento durar a vida toda, essa venda tem que ser a melhor possível, o melhor comprador para o melhor produto (mais difícil ainda, já que a compra tem que ser recíproca). Quem já tentou vender qualquer coisa sabe: quanto mais informações você tiver a respeito do produto, mais fácil vender. A não ser que você engane o comprador o que, no caso do casamento, traria altos custos de desfazimento de contrato (custos emocionais e, às vezes, financeiros rsrsrsrs). 
Continuando... quando você vende um produto dando informações falsas, rende até processo, né? Mas como você vai vender com as informações certas se você não as conhece??? Perceberam a complicação? Portanto, em primeiro lugar, auto-conhecimento. 
Em segundo lugar, ninguém deve ceder às pressões da sociedade para casar quando todo mundo acha que "é hora", mas sim quando encontra a pessoa certa. Isso pode ser mais cedo ou mais tarde do que as convenções determinam. É que hoje em dia parece que as pessoas entraram num "consenso" de que o "ideal" é casar por volta dos 30 anos. Gente!!!! Vamos acordar! Coloca então um cronômetro aí para rodar... O amor não funciona sob pressão e isso só faz as pessoas casarem errado. Se bem que, no caso das mulheres, temos o relógio biológico e (em algumas) a vontade de ter filhos, portanto homens, vocês têm que entender isso também! Por outro lado, tem aquelas pessoas que só querem fugir das convenções, por pura rebeldia. Essas pessoas também não se conhecem, porque elas têm que fazer o que vai trazer felicidade a elas e não o que vai "chocar", desafiar...  Desse jeito, elas só estão fazendo exatamente a mesma coisa do que quem segue as regras sem se questionarem sobre elas: vivendo segundo os outros (por obediência ou desobediência). 
Por último, acho que falta uma educação casamenteira. Pois é, exatamente! Hoje em dia tem curso para tudo, mas alguém já viu cursos para jovens ensinando o que eles devem considerar antes de escolher a pessoa com quem vão passar o resto das suas vidas? Ensinando como escolher o pai/ mãe dos seus filhos? E como conviver da melhor maneira com as diferenças depois do "sim"?
Enfim, casamento é uma grande complicação mesmo. Nada disso que eu falei vai garantir nada, só vai ajudar a "minimizar os riscos" (a influência da Economia de novo rsrsrsr). Tem que se preparar! Mas eu disse e continuo dizendo SIM!!! Estou satisfeita com a minha compra e, pela foto abaixo, o Marcelo também kkkkk...




segunda-feira, 26 de março de 2012

As supermodelos dão as dicas, eu comento!

Uma revista perguntou a algumas supermodelos que continuam sendo exemplos de beleza o que elas fazem para envelhecer bem. Vou comentar algumas dicas: 

Carolyn Murphy, 38 anos: "O melhor conselho anti-envelhecimento que já recebi? Beber muita água e ter uma dieta baseada em vegetais. Também faço meditação com a minha filha todos os dias. É preciso 10 minutos. Reduzir o estresse tem papel importante no processo." Concordo! Faço tudo isso hehehe... Ah! Mas não medito com a minha filha, que no caso eu ainda não tenho! E minha dieta não é tão baseada em vegetais assim, mas é saudável... 

Carolyn Murphy:

Christie Brinkley, 58 anos: "Quando fiz 50 anos, eu pensei 'Me dêem uma folga! Se eu sentir vontade de comer, estou comendo'. Agora que tenho mais de 50 eu percebo que me sinto melhor se comer direito. Faço isso por mim." Menina!!! Aconteceu exatamente a mesma coisa comigo depois que eu fiquei doente!!! Eu pensei 'agora vou comer o que eu tenho vontade' e descobri que eu gosto e me sinto muito bem tendo uma alimentação saudável (já já vem um post sobre isso).

Christie Brinkley, 58 anos:


Cindy Crawford, 46 anos: "Todo mundo fala de cirurgia plástica, mas o cabelo é subestimado - se você tem cor boa e cabelo brilhante, pode-se ver de longe. " Valeu por me lembrar, Cindy!!! 


Cindy Crawford, 46 anos:
Fotos: Reprodução.

Atenção: fim do leilão chegando!!!

O leilão da camiseta autografada do São Paulo está chegando ao fim! Estamos muito próximos dos 100.000 acessos, faltam provavelmente uns 2 dias, ou seja, entre terça à noite e quarta de manhã! O lance mais alto dado até o momento é de R$ 2.200,00. Leva a camiseta quem der o lance mais alto até o acesso de número 100.000!!! Quem dá mais???


  

domingo, 25 de março de 2012

Lista da saudade

1) O cheirinho de shampoo no cabelo recém-lavado;
2) Passar a mão no cabelo, pentear e fazer um rabo de cavalo bem alto! 
3) Andar de bicicleta com o Marcelo domingo de manhã (e não ser assaltada - depois eu conto essa história!);
4) Ir para a academia (nunca pensei que fosse dizer isso kkkk);
5) Praticar Yoga sem restrições e dar minhas aulas (agora, eu faço o que aguento no dia e tem coisas que nem pensar...);
6) Ir ao cinema, adoro! Assistir filmes é uma das coisas que eu mais gosto!
7) Viajar um monte, para vários lugares;
8) Comer muita salada em restaurantes (não posso comer nada cru fora de casa) e comer comida japonesa - e eu realmente gosto de saladas em restaurantes!
9) Ir para barzinhos bem lotados sem me preocupar com ficar doente e estar tudo contaminado;
10) Abraçar as pessoas (mas isso eu sempre falo, não é novidade...);
11) Poder ir onde quiser, quando quiser, sem me preocupar com os vírus e bactérias;
12) Massagem!!! O médico até liberou, mas o Marcelo neura acha melhor não rsrsrsrsrsr (nossa, o Marcelo quando eu estiver grávida ou tiver filho pequeno vai ser daqueles pais chatos, sabe? kkkk... é o amor!)
13) Tomar sol!!!!!!! Na praia ou na piscina, tanto faz!
14) Tomar uma caipirinha!!! De limão! Daquela bem tradicional!!!
15) Ganhar o meu próprio dinheirinho para poder comprar o que eu bem entender (e olha que eu nem sou consumista).
Etc...
O Ministério da Helô Adverte:



Elaborar esta lista pode ser prejudicial à saude, causando mau-humor agudo e tristeza severa. Melhor dar de louca e fingir que nem lembra de nada disso!!! 

Dia de colocar a leitura em dia!

Eu andava sofrendo de bloqueio criativo hahhahaaha... Fico assim uns dias depois da quimio, dessa vez durou mais do que normalmente. Mas ontem foi o dia das idéias! E também o dia das leituras! Terminei um dos livros que estava lendo, li jornais, revistas, comecei e terminei um outro livro de quase 200 páginas... Ufa! Comecei e não parava mais! Mais uma prova de que temos que saber respeitar os ritmos do próprio corpo: tem dias que se eu tentasse ler tudo isso não conseguiria nunca... (aliás, é o que andava acontecendo). 
O livro que comecei e terminei foi o da Danuza Leão, "É tudo tão simples". É muito engraçado, mas ela é bem maluca, né? Rsrsrsrs... O outro foi aquele que eu postei a foto, "Em defesa da comida". Muito bom, depois eu posto umas dicas aqui, vou ter que elaborar rsrsrsrsrs... 
E, para terminar, vou postar um vídeo muito, muito, muito fofo! De uma menininha de 2 anos cantando  "Someone like you", da Adele. Será que a minha filhinha vai ser assim tão linda???? 


sábado, 24 de março de 2012

O poder da presença

"Uma doença séria pode ser uma jornada terrivelmente solitária. Quando um perigo paira sobre um bando de macacos, desencadeando sua ansiedade, seu reflexo é colarem-se uns aos outros e catar-se mutuamente as pulgas, de modo febril. Não reduz o perigo, mas reduz a solidão. Nossos valores ocidentais, com seu culto de resultados concretos, muitas vezes nos fazem perder de vista a necessidade profunda, animal, de uma simples presença em face do perigo e da incerteza. A presença doce, constante, segura, é com frequência o mais belo presente que os próximos podem nos dar, mas poucos deles sabem seu valor."
David Servan-Schreiber (Anticâncer)

E aí, preciso dizer alguma coisa?


Elogio

Gente, quando é para reclamar a gente reclama, então quando tem alguma coisa para elogiar, tem que elogiar, né? Ontem tive que ir de novo ao INSS. Apesar da fila, fomos atendidos rapidamente. Ok, eles pedem coisas que a gente nem sabe que existe, mas nada é perfeito. Mas não é o INSS que quero elogiar e sim o Poupatempo! Fui no de Piracicaba, que tem a mamis para me levar, sabe? Rsrsrsr... coitada! Todo nabo sobra para ela hahaahahah, inclusive sair correndo duas vezes para tirar xerox de coisa que eu levei errado... Aí sim fomos muito bem atendidas, o lugar é bonito (desculpa, mas faz diferença), as pessoas são simpáticas e eficientes... Tudo de bom!!! ;-)

Somewhere over the rainbow

Musiquinha para começar bem o fim de semana!!!


sexta-feira, 23 de março de 2012

Você prefere ser feliz ou ter razão?

Eu uso isso como lema de vida faz tempo. Sabe aquelas vezes em que a gente briga com alguém e fica discutindo querendo ter razão? Geralmente essas brigas são com o marido, com pai, mãe e irmãos, mas dependendo da pessoa pode ser com qualquer um que encontrar pela frente rsrsrsrs...  E a gente perde tempo das nossas preciosas vidas se estressando com as coisas que não tem a menor importância! E que não vão resolver o problema... Tá certo que às vezes é preciso colocar os pingos nos is, mas até isso poderia ser menos estressante se tivéssemos o "prefiro ser feliz do que ter razão" em mente (foco!). Ao invés de tentar resolver o que precisa, muitas vezes a gente fica tentando medir forças, achar culpados e reclamar. Ai, como a gente gosta de reclamar, né? Eu prefiro ser feliz e não desgastar meus relacionamentos! Nessas horas eu tenho uma preguiça de falar... 


OBS: o leilão da camisa do São Paulo está quase acabando!!! Falta pouco para chegar aos 100.000 acessos! Quem estiver interessado, muita atenção!!!

Fui para a balada ontem!!!

Ontem de manhã o Marcelo falou que queria sair para dar uma volta à noite. Acho que minha cara de alegria foi tamanha que ele ficou até comovido e me levou para jantar num lugar maravilhoso! Vocês sabem, como tenho saído muito pouco, cada coisa que faço fora de casa é uma festa! Fiquei o dia inteiro esperando a noite chegar rsrsrsr... Me arrumei toda e até tomei vinho!!! Um pouco pode, mas como quase não tenho tomado, ele teve um efeito engraçado kkkk, fiquei toda animada! Isso porque foi só uma taça!!! Comi uma massinha, de novo. É que durante todo o perído do tratamento eu não posso comer nada cru fora de casa (o que inclui sucos naturais e saladas) e tenho que tomar muito cuidado com peixes e camarões. Carne vermelha não como há anos então... a massa é o que me resta! É o que tem pra hoje!!!!! E de sobremesa... petit gateau! Hummmm... muito bom! E a companhia, então? Rsrsrsr... 
Uma coisa interessante é que pela primeira vez me senti "mais eu" com a peruca curta e não com a comprida.... E coloquei um salto tão grande (acho que pela primeira vez desde o começo do tratamento) que fiquei quase uma cabeça maior que o Marcelo!!!!





quinta-feira, 22 de março de 2012

Foto 3 x 4

Gente, socorro! Alguém gosta de foto 3 x 4??? Impossível, né? Eu preciso trocar uns documentos e resolvi tirar uma foto 3 x 4 nova, para não ter problemas por causa do visual... Aí eu tive a idéia de dar umas dicas de como ficar bem em fotos 3 x 4!!! 
Mulheres: vão maquiadas. Corretivo nas olheiras, bastante rímel e muito blush. Muito! Porque essas luzes horríveis que eles usam sempre nos deixam pálidas, então pode abusar! Se gostar, pode marcar os olhos que fica bonito (lápis preto, por exemplo). Aos homens, só resta se conformarem rsrsrr!!! Bom, continuando... coloque uma blusa que te enfeite, de uma cor que te favoreça, que tenha uma gola bonita... ajuda! Deixe o cabelo do jeito que você mais gosta: liso, enrolado... mas cuide dele antes de sair de casa.
Agora a pose: não tenha vergonha do moço que tira a foto, kkkk, pode fazer pose! Sente retinha/o deixe o queixo alinhado (nem muito para cima nem muito para baixo, mas pode virar um pouquiiiinho para um dos lados), faça um olhar bonito (em moda a gente chama de "sorrir com os olhos", imagina que o Brad Pitt chegou ops, o Marcelo no meu caso!) e dê um sorrisinho! É, gente! Pode!!! A gente costuma achar que não pode sorrir em foto 3 x 4, não é? Mas de leve pode... Em moda a gente chama de "sorriso sem dente", ou seja, sem mostrar os dentes. Sabe comercial de absorvente feminino, quando a modelo faz aquela cara de "ai, como sou feliz"? Fica ótimo em foto 3 x 4 rsrsrsrs....
Olha, por mais que os truques ajudem, lógico, a gente vai continuar não amando. Mas pelo menos vai parar de odiar!!!! Vou colocar uns exemplos das famosas... só para pegar o sentido da coisa rsrsrs... Depois me contem se deu certo!!!!







Inspiração

Quando eu era criança, meus irmãos e eu brincávamos quando víamos um carro igual ao nosso na rua dizendo: "olha, irmão!!!". Pegando o termo emprestado, posso dizer que fico muito feliz quando vejo "irmãos" voltando à ativa, ou seja, outras pessoas que tiveram câncer e que estão curadas! Vida normal! Dessa vez foi a tenista russa Alisa Kleybanova, de 22 anos! Ela descobriu um linfoma de Hodgkin em julho do ano passado, tratou, curou e voltou às quadras já ganhando no WTA de Miami. Ela já esteve entre as 20 melhores do mundo, tenho certeza que logo logo ela volta para o topo!!!



quarta-feira, 21 de março de 2012

Nós somos é estilosas!

Não sei por que as carequinhas "forçadas" ficam com vergonha das suas carecas... Olha só a foto abaixo! Essas mulheres, que são musas de beleza e estilo (a Alice Dellal e a Milla Jovovich), também rasparam e foi por querer!!!!! Só que ficou meio torto kkkk... Brincadeira, elas rasparam só de um lado mesmo, para "fazer estilo" (hein?).  Acho que quando meu cabelo estiver crescendo vou ficar um tempo assim, para CAUSAR!!! 


Foto: Reprodução.

Hoje em Dia e o Dia Internacional da Síndrome de Down

Hoje é o Dia Internacional da Síndrome de Down. Para quem estiver em casa, meu querido primo Luís Octávio e a namorada dele, a Dani, vão estar numa reportagem especial no Hoje em Dia, da Record, que passa das 10h às 12h. Quero aproveitar o post de hoje para fazer uma homenagem a ele e a todos os portadores da Síndrome de Down, que todos os dias nos dão lições de vida, de superação, de amor, de vitória! Lú, aprendi muito com você e agradeço a Deus a oportunidade de ter uma pessoinha tão especial como primo, me ensinando sobre o que é SER HUMANO!!!






Mude o foco do movimento!


Hoje quero falar sobre algo que li. É um texto que encontrei no blog da Kris Carr (http://crazysexylife.com/tag/exercise/) e que tem a ver com um post que escrevi uma vez sobre auto-estima. A autora, Erin, sempre adorou dançar e sempre dançou - inclusive profissionalmente - com o objetivo de fazer sempre melhor. Por causa desse objetivo, ela era extremamente exigente consigo mesma, dura, severa. Seu corpo tinha que "performar", melhorar, superar limites... Nunca estava bom o suficiente. Quando sua mãe foi diagnosticada com câncer, em 1996, a vida da família teve uma reviravolta: a mãe recrutou todo mundo na sua cura e achava que se curaria através do amor, da bondade para com ela e com seu corpo, fazendo um pouco de cada vez o melhor possível. Sua mãe respeitava o tempo do seu corpo, respeitava dias mais preguiçosos ou contemplativos alternados com dias mais ativos e alto-astral. E assim ela venceu o câncer. Não foi se batendo, cutucando ou forçando... ela foi carinhosa consigo mesma, em cada passo do caminho (eu também faço assim!!!). Influenciada por esse aprendizado, Erin incorporou essa abordagem na vida dela e não só seu corpo mudou: tudo na sua vida mudou! Portanto, o conselho é que se você está querendo fazer mudanças radicais no seu corpo, seja se curar, emagrecer ou mesmo treinar para uma maratona, comece com bondade e compaixão radicais! Eu concordo 100%! Aqui vão as dicas para mudar: comece com amor e apreciação pelo que você tem e consegue fazer hoje. Estabeleça uma intenção: ao invés de ir para uma aula na academia pensando em destruir as calorias, tente fazer isso com a intenção de acessar seu poder, abrir seu coração, se curar, brilhar, se tornar mais do que você é destinado a ser! Essa filosofia pode ser usada em tudo que você fizer! Esse comportamento muda a química do seu cérebro e reflete em todas as áreas da sua vida. Garanto que funciona muito bem hehehehe...





terça-feira, 20 de março de 2012

Acalmando para dormir

Eu raramente tenho problemas para dormir. Raramente mesmo, mais ou menos uma vez por ano kkkkk.... Já o Marcelo... É que minha bagagem familiar e "yoguística" me ensinaram alguns truques desde muito cedo. Morar no interior a vida inteira também ajudou. Em São Paulo, pela falta de tempo, a gente acaba deixando mais compromissos para a noite e aí fica mais difícil desligar de repente.
Funciona mais ou menos assim: hoje em dia a vida é maluca, corrida, competitiva e a gente vive conectado 24 horas por dia. Chegamos em casa à noite e continuamos na internet ou com a TV ligada, como se nosso cérebro estivesse recebendo a luz solar ininterruptamente (viu, Marcelo? rsrsrrs). Nosso corpo precisa estar mais conectado aos ritmos da natureza para estar saudável. Antigamente, jantava-se cedo e dormia-se cedo, logo após o pôr do sol, e acordava-se cedo também, ao nascer do sol. Para uma boa noite de sono, a glândula pineal (localizada no topo da cabeça) tem que secretar um hormônio chamado melatonina e isso, adivinhem, só acontece quando estamos no escuro! Providencial, não? Então, é importante que depois do pôr do sol a gente tente gradativamente aquietar nossa mente e nosso corpo (por isso eu nunca gostei de ir para a academia à noite, a não ser para atividades leves e relaxantes). Se for impossível desligar a TV, pelo menos tente assistir programas leves, sem violência, sem muita correria... Seria bom deixar a casa com a luz mais suave, como abajures ou velas, talvez um óleo essencial de lavanda (depois dou umas diquinhas de óleos por aqui), uma música tranquila... Jantar cedo, fazer uma leitura leve, algumas respirações profundas e lentas, um pouco de alongamento e uma bela massagem nos pés também pode ajudar! A ordem é aquietar! Não adianta, estar no 220V e de repente querer apagar a luz e achar que o sono vem no automático simplesmente não vai funcionar... 
Esse aquietamento gradativo funciona - e muito! No começo pode ser estranho, mas quando acostumamos... ah, que delícia! 


segunda-feira, 19 de março de 2012

Surpresa da noite

Olha que delícia de presente eu acabei de ganhar!!!!


Meus tios vieram me trazer umas comidinhas (hummmm) e trouxeram suas netinhas, amei!!!! O Marcelo que ficou triste porque não estava em casa hehehehe... E olha como elas ficaram lindas com outro cabelo! Tipo a Avril Lavigne, super estilo!!! kkkk.... Quando eu era criança sonhava experimentar uma peruca hahaaha!


Jornal Nacional!

Não, eu não estou no Jornal Nacional ainda hahahahaahahah.... É que está passando uma reportagem sobre um novo medicamento para câncer de ovário e eles mostraram o lugar onde eu faço quimio! Não, não deu saudade rsrsrsrs... 

Eu no Pânico: MEDA!

Outro dia o Marcelo colocou no facebook uma foto minha com a Sabrina Sato e o Christian Pior, aí muita gente ficou curiosa rsrsrs... Achamos o vídeo e, para quem quiser ver, aqui está! 




E teve também uma outra vez... Pelo menos eles não me sacanearam, né? Rsrsrsr...


As 10 coisas que já aprendi com o câncer!

Como prometido, aqui vai a minha listinha, elaborada 100% por mim!

1) Não podemos controlar tudo na vida. Aliás, podemos controlar pouquíssimas coisas. Por isso, relaxe!!! Faça como se tudo dependesse de ti, confia como se tudo dependesse de Deus!

2) Não podemos explicar tudo que acontece na vida. Algumas coisas simplesmente não têm explicação. Portanto, aceite e relaxe!

3) Mágoa não leva a nada: perdoe todo mundo que você tem para perdoar! A única pessoa prejudicada pela falta do perdão é você mesmo.

4) Por mais valor que possamos dar às coisas, damos mais quando as perdemos. Mas sempre será assim, então... relaxe! Rsrsrs...

5) Descobri como as pessoas são solidárias nos momentos difíceis. Apesar de muita gente achar que isso é fácil e que difícil é as pessoas aceitarem seu sucesso, eu não concordo. Acho que a solidariedade na dor é linda e muito bem-vinda! Agradeço enormemente a todos, cada oração, telefonema, pensamento...

6) Aprendi que eu sempre fui muito discreta e que isso muitas vezes foi mal interpretado. Agora, eu vou me intrometer mesmo na vida das pessoas rsrsrsrs... perguntar como está, o que tem de errado.... sem medo de passar por intrometida! Melhor isso do que insensível!

7) Aprendi que momentos difíceis podem aproximar pessoas que de outra forma talvez nunca se aproximassem e isso é demais. 

8) Aprendi que um bom marido não tem preço! O meu não escapa nunquinha rsrsrsrs.... Mas não vou ficar fazendo propaganda, pois não está à venda! kkkk

9) Percebi que uma boa alimentação e um estilo de vida saudável não impedem que você tenha uma doença, mas permitem que você se recupere muito melhor e mais rápido! Vale a pena!!!

10) Deixei por último, mas considero o mais importante: a fé, de maneira geral, faz mais bem do que qualquer coisa que possa imaginar. A fé em Deus, na cura, no amor... Corpo, mente e espírito integrados e em harmonia são nosso bem maior, pois só assim atingimos nosso potencial e podemos estar inteiros para todos ao nosso redor. 

Namastê!



domingo, 18 de março de 2012

Blog no Jornal de Piracicaba

Não dá para vocês lerem, mas dá para ter uma idéia de como foi a reportagem no Jornal de Piracicaba do domingo passado! Eles falaram bastante de como os tratamentos evoluíram e as chances de cura são muito maiores hoje em dia. Também falaram de como o alto-astral é importante! E tinha uma coluninha falando do blog, contando um pouquinho a minha história, porque eu resolvi escrever o blog, como eu acho a auto-estima importante etc... Legal, né? Eu adorei! ;-)




Look do dia!

Meu pai odeia almoçar fora, já disse, né? Ele gosta é de ficar em casa rsrsrsr... Mas como tudo que eu faço agora é ficar em casa, hoje quis almoçar fora! Convenci heheheh... Apesar de eu estar meio enjoadinha ainda por causa da quimio, foi gostoso! Fomos nós quatro: meus pais, o Marcelo e eu! Confiram o look:




Ganhei a blusa de Dia das Mulheres do Marcelo! Não é linda???

sábado, 17 de março de 2012

Crazy Sexy Life

Um dos livros que eu estou lendo se chama "Crazy Sexy Cancer Survivor", da Kris Carr. É uma escritora americana que há uns 10 anos descobriu um câncer que não tem tratamento e é muito raro. Ela começou a pesquisar terapias alternativas, mudou completamente o estilo de vida e seu câncer está estável desde então, como se estivesse "adormecido"; virou referência na área de bem estar, alimentação e pensamento positivo. O blog dela (em inglês) é www.crazysexylife.com. Ganhei o livro e o DVD, no qual tem uma aula de yoga de 25 minutos que eu faço todos os dias! Adoro!!! 
Bom, porque estou escrevendo tudo isso? Porque minha amiga inspiradora e por enquanto virtual Dolores Cardoso, do blog www.pazamorequimioterapias.com (já falei dela aqui!) relacionou com a experiência dela mesma "As 10 coisas que aprendi com pessoas que passaram pelo câncer", encontradas no blog da Kris (íntima minha, gente! rsrsrs... http://crazysexylife.com/2011/survivor-tips/). Também quero relacionar!!! Para ver se eu já aprendi essas coisas também ou ainda vou ter que aprender rsrsrsr.... Vamos lá! Minhas considerações em itálico...

1) Seja você: pessoas que tiveram câncer andam carecas em shoppings, falam o que pensam, riem mais e fazem o que querem. Hum... não ando careca em shoppings (por enquanto!), mas em casa sim! Sobre falar o que penso e fazer o que quero... estou melhorando! 

2) Não seja puxa-saco: pessoas que tiveram câncer param de ser "puxa-sacos", não ligam para o que as outras pessoas pensam! Eu sempre vou ligar em algum grau para o que as outras pessoas pensam, mas vou fazer o que eu achar certo! 

3) Aprenda a dizer não: pessoas que tiveram câncer aprendem a dizer não, quando não querem realmente. Já estou beeeem melhor do que antes, mas acredito, como no anterior, que sempre vamos ter que ceder um pouco. Um pouco!

4) Ficar brava: e depois desculpar-se. Brigar, discutir, depois pedir desculpas, resolver na hora. Sempre fiquei brava! Rsrsrs... Sempre tento resolver na hora, mas acho que ainda posso melhorar!

5) Não ser obsessiva com a beleza: pessoas que tiveram câncer não se preocupam se têm o cabelo perfeito, se os peitos estão "alinhados" (se é que ainda têm peitos, né?). Obsessiva não, mas vaidosa, sempre! Na medida certa só faz bem, focando no que tem de bom. Mas não vale ficar se criticando e lamentando o que não é "perfeito", afinal, estamos VIVAS e FELIZES é isso que importa!!!

6) Faça agora! Não espere acontecer algo para mudar. Sempre digo: saiba seus valores e viva de acordo com eles JÁ!!!!

7) Dizer mais "eu te amo". Afinal, nunca se sabe o dia de amanhã. Não deixe a pessoa sem saber! Eu sempre fui meio reservada rsrsrs, nunca fui de ficar pegando e distribuindo "eu te amo" por aí. Já mudei bastante e hoje demonstro bem mais o quanto gosto das pessoas ao meu redor! Mas ainda tenho um caminho pela frente heheheheh....

8) Cuidar do seu corpo: pessoas que tiveram câncer se interessam mais pela saúde, bebem menos, algumas param de fumar, dormem melhor... Eu não! Já me interessava por tudo isso antes e já fazia tudo muito certinho rsrsrsrs... Só vou continuar!

9) Priorizar a liberdade: ser workaholic não é a resposta. Tenha tempo para fazer outras coisas, aproveitar a vida. Dinheiro não compra a saúde. Bom... mais do que nunca acho que o dinheiro é importante sim, dá segurança e tranquilidade num momento como esse. Mas realmente não compra a saúde. Também não compra o amor, o apoio da família, os amigos... Então: temos que tentar equilibrar um pouco de tudo, sem nunca, jamais, deixar de dar atenção à família, aos amigos e ao super marido!!!

10) Correr riscos: pessoas que tiveram câncer combateram seus medos. Sabem que a vida é para ser vivida. Então, vá saltar de pára quedas se quiser, faça bungee jump! Viva como se fosse morrer amanhã! Ai, o que dizer? Eu acho que viver como se fosse morrer amanhã tem mais a ver com estar muito feliz no dia a dia, aproveitando as pequenas coisas. Nunca tive vontade de pular de bungee jump e continuo não tendo hahahah!!!! Mas quero viajar muitooooo, namorar meu marido de montão, curtir a minha família, estar com os amigos... Correr alguns riscos em outros sentidos, deixando a preguiça de lado, as inseguranças, os medos bobos. 


Esse post me deu uma ótima idéia: vou criar uma listinha de tudo que já aprendi até agora, uma original! Essa é uma coisa que já aprendi com o câncer: a história da minha vida quem escreve sou EU!

Namastê!



Foto: Lufe Gomes me fotografou para Mormai!!! Trabalho inesquecível!


sexta-feira, 16 de março de 2012

Quinta sessão em vídeo!

Fiz um vídeo, mas não sei editar direito! Não coloquei nada de ruim, não tenham medo! Só coloquei as partes legais, tá? Mais para vocês verem como é!
Encontrei a Merula, presidente da Abrale, e ficamos um tempão conversando! Ela me falou várias coisas sobre os direitos do paciente com câncer, foi ótimo! Depois eu conto tudo aqui em detalhes! 
Descobri que eu não precisava chegar tão antes para o exame de sangue: no próprio ambulatório da quimio eles colhem os exames e eles ficam prontos em no máximo meia hora! Ninguém me avisa!!! Mas tudo bem,  na próxima vez posso dormir mais um pouquinho! Hoje cheguei às 8:15h e saí de lá às 16:45. Na próxima, posso chegar umas 10h!
Espero que gostem do vídeo! Comentem!!!! Bjsss


quinta-feira, 15 de março de 2012

Antes, um cumprimento!

Sei que hoje é dia da minha quimio e geralmente conto como foi o dia. Mas antes, enquanto não edito o vídeo que gravei para postar, preciso muito parabenizar uma pessoa: o Reynaldo Gianecchini. O retorno dele ao teatro foi super comentado e acho que quase todo mundo viu... a emoção dele na hora dos agradecimentos me emocionou também e é exatamente o que eu sinto. No meu coração não cabe tanta gratidão e a gente percebe que a vida é feita para trocar, para compartilhar! Ele também agradeceu muito a mãe dele, eu também agradeço muito a minha! Não só ela, mas também o Marcelo, esse marido tão amado que Deus colocou na minha vida. Além dos dois, que são os mais "ativos", assim dizendo, também meu pai e meus irmãos e todas as pessoas que "trocam" comigo! Obrigada!
O Gianecchini foi incrível o tempo todo, positivo, atencioso, amoroso, teve muita fé e gratidão... tem exemplo melhor? É em pessoas como ele que eu busco inspiração e posso dizer uma coisa: quem enfrenta as dificuldades da vida assim só tem a ganhar, sofre menos e causa menos sofrimento aos que estão em volta! Obrigada pelo exemplo!!! Parabéns!!!


Primeira etapa: feito!

Já estou no hospital, já fiz o exame de sangue e estamos esperando o horário da quimio. Estou tentando fazer um filminho mostrando as etapas! Minha veia deu problemas rsrsrs, mas no final deu tudo certo! Conto melhor no vídeo! ;-)

quarta-feira, 14 de março de 2012

Atendendo a pedidos...

Amanhã eu coloco as fotos da minha quimioterapia e das minhas unhas, tá? Rsrsrsr... Boa noite!!!

Novidades!

Demorei muito para postar hoje, né? É que primeiro ficamos sem internet em Piracicaba. E hoje eu fiz a unha pela primeira vez depois do diagnóstico!!! Yesssss! Depois viemos para São Paulo para a minha sessão de cinema ops... de quimioterapia de amanhã! E adivinhem que coisa inusitada: ficamos um tempão presos no trânsito. Ai, que delícia (estou sendo irônica, viu? rsrsrs). 
Meu pai ia passar numa empresa hoje e, por causa do trânsito, não deu tempo. Então ele vai ter que dormir aqui e voltar só amanhã, hahaha, só assim para laçá-lo! Êta homem que gosta de ficar na própria casa!!! 
E o Marcelo ontem me deixou assim, ó:


Sabem por que? Ele sabe rsrsrsrsrs... Qualquer hora eu conto!!! Sorte dele que depois aumentaram o lance da camiseta do São Paulo para R$ 1.800,00 e aí eu fiquei feliz de novo! ;-)

Queria mais Carrie!!!

Ontem assisti o filme Sex in the City 2 pela quarta vez! Sou igual criança, quando gosto de um filme assisto mil vezes rsrsr.... Carrie, para quem não sabe, é a personagem principal. Nunca gostei do seriado, até depois do meu casamento! Ganhei todas as temporadas de presente da Cidinha e amei! Comecei a me identificar com alguns dilemas vividos pelas personagens e a entender que o que elas tentam passar é a complexidade do universo feminino. Hoje quando preciso de inspiração, assisto de novo um pedaço do seriado, o filme 1 ou 2. 
São coisas pelas quais todas as mulheres passam: dilemas profissionais, culpas de mãe e de esposa, tédio, crise de identidade, falar e fazer coisas das quais se arrepende, saber voltar atrás e pedir desculpas, saber perdoar, gastar mais do que devia (e ganhar menos do que devia rsrsr)... Parece que elas são as minhas amigas adaptadas kkkk... Adoro esse universo feminino! Por isso eu digo: queria mais Carrie! Mais seriado, mais filmes... Como não tem, vou me empenhar em decorar todas as falas, de tanto assistir de novo rsrsrsr... 


Foto: Reprodução.

terça-feira, 13 de março de 2012

Quinta-feira: quinta sessão de quimio!

E como hoje é terça, a ansiedade começa a bater... O torcicolo hoje está 80% melhor, mas ficar com dor todos esses dias não me permitiu fazer muita coisa, o que aumenta ainda mais a ansiedade. Só hoje consegui retomar minha yoga, dar uma caminhada e estar bem de novo! 
Claro que estou feliz por já estar na segunda metade do tratamento: a metade final! Por outro lado, parece que o tempo começa a correr mais devagar. Como diz o Marcelo, tudo é uma questão de expectativa! Como a minha é que tudo isso acabe logo e que "já" estou na metade final do tratamento, os dias relativamente demoram mais a passar. Será que tema ver com a Teoria da Relatividade? Caio, help! 



Essa foto foi tirada na segunda internação, antes de eu ter o diagnóstico certo: foram 21 dias internada e no final eu já estava conversando até com as paredes. A palavra é PACIÊNCIA! Para esperar tudo isso passar. Eu até que tenho bastante, mas depois de um tempo ela começa a querer fugir, sabe? Aí eu tenho que correr mais rápido para alcançá-la!!! Rsrsrs... Hoje cedo senti um cheirinho gostoso e pensei: "Acho que foi o shampoo! Ops, acho que não!!!!" kkkk, era o shampoo da minha mãe. PACIÊNCIA, Heloísa! Logo será o seu! 


Concordo com o Giane!

O Reynaldo Gianecchini rsrsrsrs...
Domingo teve uma reportagem muito legal no Fantástico falando sobre pessoas que enfrentam bem doenças sérias. E eu adorei uma coisa que ele disse, mais ou menos o seguinte: "A gente recebe tanto carinho, tanto amor... e aí a gente vê, do nosso lado, pessoas passando por coisas tão piores... é uma solidariedade que vem muito forte." Não foi exatamente o que ele disse, mas foi o que chegou aos meus ouvidos, se é que vocês me entendem! Eu concordo plenamente, acho que já até falei disso aqui. Com tanto apoio e carinho, a gente vê pessoas passando por coisas tão piores, parece que a gente começa a sofrer mais pelo sofrimento dos outros e vê que o nosso é até bem suportável.... Como na foto abaixo, a gente começa a ver o mundo com outros olhos rsrsrsr...


Observações por aí...

Nossa camiseta está mais chique que a que o Príncipe Harry ganhou do Lucas! Porque a nossa é autografada por um montão de jogadores e a dele, só pelo Lucas.... rsrsrsrs


Também vi uma foto da Gisele Bündchen no site da Vogue com o título: "look cara lavada". Mas de lavada não tem nada, viu gente? Tem muita maquiagem!!! Rrsrs, é o que eu falo: um rimelzinho, um corretivo, um pouco de blush, batom cor de boca... é um banho de auto-estima! Até ela fica mais bonita!


Nessa produção tem até um make na sobrancelha, algo que eu tenho tido que usar rsrsrs, pois apesar do médico dizer que não ia cair, um pouquinho caiu! ;-)

segunda-feira, 12 de março de 2012

Que legal! Mais uma reportagem!

Oi gente! Ontem saiu uma nota sobre o blog no Jornal de Piracicaba, numa reportagem chamada "A vida após o câncer". Está super legal, adorei! Mas tenho que corrigir uma coisinha: não tenho tumor de pulmão e sim uma massa pulmonar por causa de um Linfoma não-Hodgkins de grandes células b.  Só para constar rsrsrsr.... Não consegui scannear a reportagem para postar, quando chegar em São Paulo tento de novo e coloco a reportagem aqui, tá? ;-)


Felicidade realista

"De norte a sul, de leste a oeste, todo mundo quer ser feliz.
Não é tarefa das mais fáceis. A princípio, bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é um pacote louvável, mas nossos desejos são ainda mais complexos.
Não basta que a gente esteja sem febre: queremos, além de saúde, ser magérrimos, sarados, irresistíveis. Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel, a comida... e o cinema: queremos a piscina olímpica, a bolsa Louis Vuitton e uma temporada num SPA cinco estrelas. E quanto ao amor? Ah, o amor... não basta termos alguém com quem podemos conversar, dividir uma pizza e fazer sexo de vez em quando. Isso é pensar pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo. Queremos estar visceralmente apaixonados, queremos ser surpreendidos por declarações e presentes inesperados, queremos jantar à luz de velas de segunda a domingo, queremos sexo selvagem e diário, queremos ser felizes assim e não de outro jeito.
É o que dá ver tanta televisão. Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista. Por que só podemos ser felizes formando um par, e não como ímpares? Ter um parceiro constante não é sinônimo de felicidade, a não ser que seja a felicidade de estar correspondendo às expectativas da sociedade, mas isso é outro assunto. Você pode ser feliz solteiro, feliz com uns romances ocasionais, feliz com três parceiros, feliz sem nenhum. Não existe amor minúsculo, principalmente quando se trata de amor-próprio.
Dinheiro é uma benção. Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo, usufruí-lo. Não perder tempo juntando, juntando, juntando. Apenas o suficiente para se sentir seguro, mas não aprisionado. E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar a onda, buscando coisas que saiam de graça, como um pouco de humor, um pouco de fé e um pouco de criatividade.
Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável. Fazer exercícios sem almejar passarelas, trabalhar sem almejar o estrelato, amar sem almejar o eterno.
Olhe para o relógio: hora de acordar. É importante pensar-se ao extremo, buscar lá dentro o que nos mobiliza, instiga e conduz, mas sem exigir-se desumanamente.
A vida não é um game onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio. Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade.
Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as regras, demita-se. Invente seu próprio jogo."

Martha Medeiros