terça-feira, 27 de março de 2012

Casamentos

Domingo à noite meu cunhado veio jantar em casa. Começamos uma conversa a três sobre por que será que alguns casamentos estão durando tão pouco. E aqui vão meus humildes palpites...
Falta, em primeiro lugar, auto-conhecimento. Como podemos nos comprometer com alguém sem saber o que queremos da vida, do que gostamos, como sentimos a respeito das coisas da vida? Gente, desculpa, eu sou economista, não consigo evitar ter uma visão prática das coisas. Vou expor em termos "econômicos"(hahaha, sempre tive vontade de fazer isso!).
Duas pessoas começam a namorar. Um tenta "se vender" para o outro, mostrando todas as suas qualidades, minimizando os seus defeitos, tentando "valorizar" o "produto" para ver se o outro "compra". Essa vai ser a venda do século, literalmente: se o casamento durar a vida toda, essa venda tem que ser a melhor possível, o melhor comprador para o melhor produto (mais difícil ainda, já que a compra tem que ser recíproca). Quem já tentou vender qualquer coisa sabe: quanto mais informações você tiver a respeito do produto, mais fácil vender. A não ser que você engane o comprador o que, no caso do casamento, traria altos custos de desfazimento de contrato (custos emocionais e, às vezes, financeiros rsrsrsrs). 
Continuando... quando você vende um produto dando informações falsas, rende até processo, né? Mas como você vai vender com as informações certas se você não as conhece??? Perceberam a complicação? Portanto, em primeiro lugar, auto-conhecimento. 
Em segundo lugar, ninguém deve ceder às pressões da sociedade para casar quando todo mundo acha que "é hora", mas sim quando encontra a pessoa certa. Isso pode ser mais cedo ou mais tarde do que as convenções determinam. É que hoje em dia parece que as pessoas entraram num "consenso" de que o "ideal" é casar por volta dos 30 anos. Gente!!!! Vamos acordar! Coloca então um cronômetro aí para rodar... O amor não funciona sob pressão e isso só faz as pessoas casarem errado. Se bem que, no caso das mulheres, temos o relógio biológico e (em algumas) a vontade de ter filhos, portanto homens, vocês têm que entender isso também! Por outro lado, tem aquelas pessoas que só querem fugir das convenções, por pura rebeldia. Essas pessoas também não se conhecem, porque elas têm que fazer o que vai trazer felicidade a elas e não o que vai "chocar", desafiar...  Desse jeito, elas só estão fazendo exatamente a mesma coisa do que quem segue as regras sem se questionarem sobre elas: vivendo segundo os outros (por obediência ou desobediência). 
Por último, acho que falta uma educação casamenteira. Pois é, exatamente! Hoje em dia tem curso para tudo, mas alguém já viu cursos para jovens ensinando o que eles devem considerar antes de escolher a pessoa com quem vão passar o resto das suas vidas? Ensinando como escolher o pai/ mãe dos seus filhos? E como conviver da melhor maneira com as diferenças depois do "sim"?
Enfim, casamento é uma grande complicação mesmo. Nada disso que eu falei vai garantir nada, só vai ajudar a "minimizar os riscos" (a influência da Economia de novo rsrsrsr). Tem que se preparar! Mas eu disse e continuo dizendo SIM!!! Estou satisfeita com a minha compra e, pela foto abaixo, o Marcelo também kkkkk...




20 comentários:

  1. Helo, eu tb estou mais do que satisfeita com a compra que fiz há mais de 9 anos (rsrs) e se eu não tivesse a certeza que ele também está satisfeito e feliz, com certeza não estaria ao lado dele.
    Casamento não é fácil, mas quando se encontra a pessoa certa é MARAVILHOSO e olha, eu indico...hehe.

    Beijos flor (vou te mandar uma msg no face)

    Darby

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo, quando se encontra a pessoa certa é maravilhoso! Lógico que tem coisas difíceis, como tudo na vida, né? Mas essas coisas difíceis logo passam e o que sobra é o amorrrrrrr rsrsr, que romântico né? Bjsss

      Excluir
  2. A cara do Marcelo de satisfeito tá demais!!! Vocês dois fizeram a compra certinha mesmo, sem devoluções!!! rsrsrs bjocas Ma Borin

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahah, essa foto é comprometedora hahaah!!!
      Beijossss Má!!!!

      Excluir
  3. Helô
    A foto denuncia mesmo a felicidade de vcs. Que vcs se conservem sempre assim, unidos!
    Acrescentaria ao seu texto, que hoje tb as pessoas têm pouca tolerância, qualquer relacionamento, seja ele entre pais e filhos, de amizade ou entre casais é necessário que se ceda um pouquinho, se tudo for a ferro e fogo não tem casamento que resista, mas aí vem o que vc citou é preciso tb se conhecer bem para poder ser tolerante.
    Bjos,
    Cristina Lima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Cris! É que isso teve que ficar para um próximo post, esse já estava muito comprido!!!!! Rsrsrsrs....

      Excluir
  4. Eu aaaaddddooooreeeiiii esse post Helôo, rsrsrs nunca vi uma explicação tão perfeitaaa, entendiii tudinnn tudinnn...rsrs e vou fazer questão de mostrar pro meu namoradooo!!!! Obrigada por tudo viu, vc tem sido uma grande amiga pra mim, mesmo a gente não se conhecendo (pessoalmente)rs*
    grande beijo
    Andréa de Castro Wartha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkk, mostra mesmo!
      Adoro minhas novas amigas virtuais!!! rsrsr
      Beijosss

      Excluir
  5. Lindos! Casamento lindo, emocionante e com certeza construído sobre a rocha ;) Felicidades eternas ao casal!

    ResponderExcluir
  6. Oi Helo
    Que bacana,bem elaborado..sempre acompanho seu blog e torço muito por vc,tem tanta gente reclamando da vida...quanto tempo vcs namoram?e quanto tem vc estão casados.Lindo casal!!!que Deus continue te abençoando!!!
    Vivi Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vivi!!!!
      A gente namorou quase 5 anos (teve um término aí no meio de uns 8 meses rsrsrsr) e estamos casados há 2 e meio!
      Beijosss

      Excluir
  7. Helô...adorei seu post e acho que vc daria uma ótima terapeuta de casais hein !!! kkkkk Adoro esses assuntos de amor e paixao...escreve um post sobre isso depois...sobre o Amorrrrrrrrrrr rsrsrs
    Dê...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrsrsr, imagina só??? Acho que peguei da minha mãe, que é psicóloga rsrsrsr!
      Vou escrever muito sobre o amorrrrr
      Beijossss

      Excluir
  8. Helo! Adorei o post. Eu sou suspeita em falar sobre casamento...desde pequena que sonhava em casar e ter filhos...a minha Mãe ficava doidinha...hihihihihi! Mas, no momento certo, graças ao mundo virtual, conheci o meu marido, estamos juntos já 7 anos! Ainda não casamos na Igreja, mas queremos MUITO!!! Casamos no civil apenas. Hoje casada e com filho, posso dizer que sou mais feliz do que na época de solteira (na época de solteira fui muito feliz e aproveitei bastante), mas sofria muito pelos homens e era mais bobinha...rsrsrsrs!
    Beijos,
    Paula Bonamigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também!!!!!!!!!!!! Eu tb adoro ser casada!!!!
      Beijossss

      Excluir
  9. Helo, parabéns pelo post! Você está certíssima na sua explanação! Realmente, é preciso o autoconhecimento para que o relacionamento dure. Autoconhecimento, respeito e dialogo, essa é a "receita"!
    E pelo que venho lendo no seu blog a união de vocês, tem a base nisso; e que seja sempre assim, abençoada e iluminada!
    Abraços
    Bia

    ResponderExcluir
  10. Casal lindo!!! Felicidades eterna!

    ResponderExcluir